domingo, 28 de junho de 2015

Sussurros do coração - especial dia dos namorados II Amor com baunilha.






Olá meus amores! <3
Nós ainda estamos no mês dos namorados, certo? Então vamos falar de "sussurros do coração"?
Não não é uma novela mexicana...




Acabei agora um filme muito lindo e fofinho e para dar continuidade ao especial do mês dos namorados resolvi escrever sobre ele. O nome em japonês é Mimi wo sumaseba.


Nome Original: Mimi wo SumasebaAno de lançamento: 1995
Direção: Yoshifumi Kondo
Produção: Studio Ghibli



Sou uma fã fiel dos Studios Ghibli, mas o que mais me chamou a atenção nessa estoria em especial é que são três em uma, o caráter mais marcante dos SG é o de fantasia, mas isso não impede a mistura com outros gêneros; o que faz com que suas produções se destaquem não só no Japão, mas em todo o mundo, sem falar no traço tão original. Quando assisto alguma animação dos Studios Ghibli o amor é tamanho que fico mais ou menos assim:



Vamos ao que interessa, tudo começa com a determinação de Shizuku Tsukishima, que decide ler 20 livros durante suas ferias da escola secundaria, ela vive na biblioteca, talvez também devido ao seu pai ser bibliotecário ela tenha recebido muito influencia; e assim sempre que ela lê um livro observa que o ultimo a pega-lo emprestado foi Amasawa Seije, e por muito tempo ela se perguntou quem seria essa pessoa incrível que conseguiu ler quase todos os livros da biblioteca local.



Ela acaba por conhecer seu tão esperado Seije kun, mas no inicio eles não se dão muito bem, depois tudo fica bem, como diria a minha vovó "Amor jovem".






O mais interessante é que ao seguir um gato muito fofo e mal humorado ela não encontra apenas o Seije, mas todo um novo mundo, através da loja de artefatos antigos do avô dele; para a minha interpretação essa parte foi uma alusão muito forte a Alice no pais das maravilhas, mas por favor, assistam e comentem o que acharam.



Ao conhecer o vovô de Seije kun conhecemos suas historia de amor do passado que tem a ver com o barão.






Essa estatueta, o barão, e o Seiji kun, que por ja ter um sonho e um objetivo de vida para quando terminar a escola, vão impulsionar nossa Shizuku a começar o seu projeto de vida que é ser uma escritora e ela realmente põe empenho nisso. Ganbare(um cumprimento em japones que significa se esforçe ou boa sorte) Shizu chan!



No fim todas as estorias secundarias que aparecem no filme servem de inspiração para a escrita da Shizu chan, que escreve um livro fantástico; já o Seije, que havia ido estudar violino no exterior volta e eles podem se entender, isso não é exatamente um spoiler, já que o grande segredo do filme é outro.

A música do filme foi composta pela Shizuku chan também, na verdade o Seiji quase não aparece, mas as cenas deles são muito fofas. Quanto as outras duas estorias de amor do filme... elas são spoiler, mas uma delas é a do avô do Seije e a outra é do Barão. <3






Desculpem por não achar com legenda em português! >_<

É isso minhas pipoquinhas, ate mais ver! <3

sábado, 20 de junho de 2015

Uma rainha nunca perde a majestade!

Por: Morpheus

Vamos falar dos ensaios de outono da nossa querida Rainha?

Com direito a pé de serra, tambor de crioula e lindas exposições artísticas o salve rainha raptou nossos corações e os encheu de poesia e inquietude na ultima edição do evento. O Salve Rainha do agreste estava bem organizado e pronto pra receber o seu publico em baixo da ponte JK, sim, em baixo da ponte. A ideia do projeto é ocupar a nossa cidade com arte, e se utiliza dos lugares mais inusitados para isso. É muito lindo ver um lugar abandonado servir de palco para belos e incríveis artistas.

"E que a cidade floresça em cores
em tintas e sons
em performances e molduras
em imagens e tons"
-Morpheus, Lispector

Logo ao chegar no local uma coisa me chama a atenção, caixas suspensas, sim, caixas.  Era a exposição das obras de João Marcos rocha. Sim, dentro de caixas de madeira. Não acredita? Da uma olhada








     



Mais obras do artista:









(Imagens tiradas do Facebook do artista)

Tivemos também os quadros redondos da exposição "Cinza" de Renata Reis



Na galeria ainda tivemos Nonato Oliveira, Margareth Leite & Vitor Leite e Flavia Barreto.



Enquanto isso no palco tocavam de country a pé de serra, ninguém ficou parado nesse salve. 
Tivemos BANDA DO SALVE, THE VALETS, CAFÉ THE FOICE, TAIRO SILVA & TRIO ARREBITA CABRITA e TAMBOR MANGACRIOULA.



 Como não filmei a apresentação do MANGACRIOULA, e sei que vocês querem ver. aqui está uma apresentação que passa um pouco da energia que é "baiar" nessa roda.




E pra quem disse que não teve muita gente...



É de grande importância eventos como esse ocupando espaço na nossa cidade, é de grande emoção ver que as pessoas se importam com arte. Muita gente não imaginou que iria ver tanta gente em um evento como esse em Teresina. E aos que não pensaram ... Não subestimem a arte e a cultura do nosso povo, não pense que não podemos desenvolver a nossa arte por meios alternativos e independentes, porque podemos sim!







                                     




E como não podia terminar essa postagem sem dizer isso... 
GOD SAVE THE QUEEN!
















sexta-feira, 19 de junho de 2015

O lobo atrás da porta



Sinopse

Tá, sendo bem breve é o seguinte: a amante, Rosa, (Leandra Leal) é suspeita de ter sequestrado a filha do casal, Bernardo e Sylvia (Milhem Cortaz e Fabiula Nascimento), e o que eles fazem? Vão pra delegacia. Pronto. Tá aí a sinopse.

Desconjuro! =/

Esse filme é chato no começo. É bem... nhé. Mas, vamos com calma. Pra começar achei... Antes é melhor deixar claro que essa é a opinião de uma pessoa leiga em cinema. ...achei estranhos alguns diálogos, não sei se o problema foi por falta de emoção, ou por eles estarem meio que... a palavra não é travados, os diálogos tavam um tanto “decorados”, sei lá, não me convenceram. 

— Oi dona Arlete.
— Oi mãe, desencontrou, mulher?
— Como assim?
— Ué. Clarinha já foi com a Sheila.
— Que Sheila?
— Você ligou falando que tava doente e a tua vizinha vinha buscar.
— Não tô doente, não liguei pra cá, pra escola hoje. Que Sheila? Não tenho nenhuma vizinha chamada Sheila. ‘-‘
— Ué.
— Como assim...? Onde é que tá a garota...?

E aquele delegado, sinceramente, que personagem de m... se a intenção foi irritar, parabéns! conseguiram comigo. Mas, o pior é que existe... deve existir algum delegado do jeito desse. Pra quem ainda não assistiu não ficar boiando uma das coisas que achei estranha foi essa insistência do delegado pra descobrir amantes, que é isso? Criança sequestrada: é certeza que o pai tem amante, ou a mãe tem amante. Isso é procedimento padrão, por acaso? Pergunta sobre amante que é sucesso? Se alguém souber comenta aí.

Ok. Vou fechar meus comentários sobre o começo do filme com um simples “arrastado”. Agora vou pular pro final, antes de começar a parte positiva da minha opinião sobre o filme.

Flautista [on]

Nunca foi tão fácil sequestrar uma criança. Nossa. A criança segue, anda uma maratona, não pergunta nada, não reclama e só para 1 vez para mijar e beber algo, depois é levada pro meio do mato e vai pulando alegre satisfeita... Só porque deram uma boneca...? Não, tá errado. Não deixa cortarem teu cabelo, menina... trocarem tua roupa... não pega na mão e vai sem dizer uma palavra... O Flautista de Hamelin iria ficar com inveja se assistisse a esse filme.



Parte feliz da crítica

O filme foi de todo ruim? Não. A narrativa é picotada (um ponto positivo em minha opinião), são cortes (abruptos) e flashbacks, gosto disso.

Mas, não posso falar muito sobre o que mais me chamou a atenção, por ser spoiler (lide com isso), que é a história realmente, que é baseada em um caso real (não sei se isso é bom ou ruim) que se não me engano é um chamado de a Fera da Penha.

E aqui temos outro ponto negativo, que é a de não quererem entregar a história do filme, ficam segurando, enrolando, mentindo e o que apresentam no lugar não é lá grandes coisa. Melhor parar de criticar negativamente... Chega a ser surpreendente mais pro final.

Bem, pra terminar de vez, vale citar uma cena que achei muito legal: a amante (Rosa) e a esposa (Sylvia) estão de papo na cozinha, só na amizade, e a câmera começa a ir embora e deixa as duas conversando... Muito bom isso.

Deixo essa dica pra vocês, de um filme que por causa da história é um bom material pra debates. 

Ficha Técnica

Título: O Lobo Atrás da Porta
Diretor: Fernando Coimbra
Gênero: Drama, suspense, policial (de acordo com o AdoroCinema)
País: Brasil


quinta-feira, 18 de junho de 2015

Ovelhas sonham com humanos elétricos? #1

“Além do mais, hoje ninguém lembrava o motivo da guerra ou quem, se é que alguém, tinha vencido. A poeira que havia contaminado a maior parte da superfície do planeta não tinha surgido em nenhum país em particular e ninguém, nem mesmo os inimigos de guerra, havia planejado isso. A primeira coisa que aconteceu foi a estranha morte das corujas”.
Pág. 27

O livro da vez é Androide Sonham com Ovelhas Elétricas? que foi um presente \o/ então antes de eu começar a falar  escrever mais sobre ele: obrigado!

P.K.D.

Philip Kindred Dick nasceu em 1928 em Chicago (EUA) e foi um dos maiores escritores de ficção científica do século XX, suas histórias basearam vários filmes: Vingador do Futuro (Total Recall), Blade Runner, Minority Report, só pra falar de alguns, só pra falar de uns principais. Confesso que sou um dos conheceram Philip K. Dick por causa do filme Blade Runner do Ridley Scott.

Leitura de orelha

Deckard, um caçador de recompensas ou de androides se preferir ou ainda melhor de andys (mas esse é pros íntimos), recebe uma missão de “aposentar” 4 deles que fugiram das colônias de Marte, e ao que parece eles mataram uns humanos e fizeram o maior reboliço pra chegar na Terra, onde se infiltraram e estão se passando por humanos. Essa é a missão de Deckard nessa história: identificar quem é um androide, usando um teste de empatia, e eliminá-los... ah e ganhar dinheiro por cada um.


Pet ostentação

Vou pedir pra você fazer um esforço pra imaginar a humanidade entrando em outra guerra contra si mesma. Okay? Vou fingir que conseguiu, sei que é muito difícil. Muito bem, dessa guerra, chamada de Guerra Mundial Terminus, ganhamos o quê? A extinção de inúmeras espécies de animais, além de mutações, é claro. Como? A guerra soltou no mundo uma poeira radioativa, que funciona mais ou menos como uma tempestade.

As primeiras criaturas a morrer foram as aves, mais especificamente as corujas. Desde então quem tem um animal de verdade é só quem tem dinheiro, o que acaba se tornando uma exigência da sociedade. Aqui há uma enorme valorização de qualquer tipo de vida (menos a dos andys é claro), quem tem um bicho é porque deve ser importante. E pra aqueles que não têm condição de comprar um de verdade, o jeito é arrumar um elétrico pra manter um bom status social.



Agora, você me pergunta: E os humanos? Eles não são afetados por essa poeira radioativa? E respondo que são, eles sofrem umas mutações tanto mentais quanto físicas (se não me engano a maioria não se torna aberrações, se acalme), esses são chamados de “especiais”, que por terem o DNA um tanto alterado são riscados da história da humanidade por serem “impuros”. Pra resumir essa ideia vou citar uma frase que marquei, ela é do narrador sobre um especial: “Sobre ele recaía o desprezo de três planetas.” (pág. 30).

Com medo de também entrar em extinção, a maioria dos humanos vão colonizar outros planetas (Marte), deixando na Terra alguns pobres esperançosos de tudo voltar ao normal ou teimosos, e os “especiais”, que são proibidos de sair do planeta.




Acho que to falando de mais já, e olha que isso é só o contexto do livro.... Melhor terminar logo o texto. Então, e lá vamos nós... Como incentivo pra essa emigração é dado um androide para cada colono usar e abusar. Estamos nas “2ª Grandes Navegações” e os escravos da vez são androides.



Pra acabar logo: pra mim o negócio do livro é nos questionar como se define o que é ser um humano, o que o diferencia das outras espécies de animais, ou dos androides que os ultrapassam em algumas coisas? Isso vou deixar para outro texto, onde vou aproveitar pra falar do filme também (Parte 2? aqui).



Ficha Técnica

Título: Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?

Autor: Philip K. Dick

Tradutor: Ronaldo Bressane

Ano: 2014

Editora: Aleph


domingo, 14 de junho de 2015

Noragami







Olá meus amores, senti saudades! <3




Hoje eu vim compartilhar com vocês um dos meus animes preferidos, se chama Noragami e a temática desse anime é, digamos que, religiosa; já que fala de deuses e templos. a religião "original" japonesa é o Xintoísmo, e vou falar mais detalhadamente sobre esse tema mais tarde; e esse é só mais um dos charmes irresistíveis do Japão!




Sobre o anime:

Na estória de Noragami os deuses respeitados e honrados, tem duas coisas importantes: um templo e um instrumento divino (shinkis); os deuses tem trabalhos especiais, dentre eles o mais importante e dispendioso é o de proteger os humanos de espíritos malignos os chamados ayakashi, com o auxilio de seus instrumentos divinos, as únicas que podem derrotar ayakashis, mas que quando não estão sendo usados assumem a forma humana, isso porque geralmente originalmente eram espíritos humanos.
Tudo isso porque os humanos oram e pedem aos deuses por proteção, dentre outras coisas...


                                    * foto do Kanamara Masturi (festival da fertilidade), no templo da                                                          fertilidade no Japão.


Ok, parei com a zoeira...


Voltando... Yato é um deus que não tem templo, e acaba de perder sua shinki, que se demitira depois de apenas três meses de trabalho, isso porque ele não cuida direito de suas armas divinas e elas acabam desistindo, isso também é devido a sua vida incerta sem saber quando vai receber um pedido de um humano para que o ajude, e para isso o humano precisa não só conhecer como acreditar nele.


Resultado disso tudo é que ele vive fazendo propaganda do seu trabalho e pichando seu telefone nos muros da cidade. é muito engraçado ele tentando se promover!



Enfim, em um de seus trabalhos ele acaba encontrando Hiyori, uma humana normal, que é fã de artes marciais e ate sabe alguns golpes, por algum motivo que eu não entendi bem (já que não li o mangá), ela consegue ver Yato no meio da rua prestes a ser atropelado e se lança para salva-lo, mas o saldo é uma humana que quase morreu tentando salvar um deus, que é imortal. =D

Isso mesmo crianças, quase! Yato também salvou Hiyori da morte, fazendo um remendo, porque ele é um deus de porta de cadeia kkk, com isso sempre que Hiyori fica sob um stresse muito grande seu espirito simplesmente deixa seu corpo, mesmo sem perceber. e a unica pessoa que pode ajuda-la e explicar o que está acontecendo é o Yato e ela acaba passando muito tempo com ele.


Nessa confusão toda Yato acaba encontrando outra arma sagrada, ou Shinki, e é ai que aparece a criatura mais linda do anime, Yukine, que era um espirito angustiado, mas puro o suficiente para ser uma skinki, que é o que acaba por acontecer com ele; é muito engraçada a relação dele com o Yato, muito "Love and Hate".





O anime tem de tudo, ação, romance (estilo japonês), comedia, mistério e drama, e eu recomendo muito esse anime, são só 12 episódios, o que é realmente uma pena porque é muito bom e passa em um piscar de olhos. T_T

Sobre meu shipper descarado:

Fica claro que um tempo depois que a Hiyori conhece o Yato ela começa a gostar dele e depois notamos que ele também começa a gostar dela, principalmente porque ela o ajuda a se tornar um deus melhor, ate devido ao passado do Yato, que é spoiller e quero deixar vocês curiosos! <3
Enfim eles formam um casal tão bonitinho, sabe? Maaaas, não sei o que vai ser da estória, já que o sonho dele é ser um deus conhecido, cheio de devotos e sacerdotisas (quanto mais sacerdotes mais poder um deus tem, mais como o Yato é um pervertido ele quer garotas! kkk) e eu não sei se ele teria condições de se relacionar com uma humana de forma romântica.








Me prometeram uma segunda temporada pra esse ano, mas não se sabe ao certo quando vai sair, mas não se preocupem, quando souber de algo venho avisar vocês; por enquanto vocês podem ver o anime online Aqui e baixar o anime Aqui, tem também o mangá que pode ser lido online Aqui.

Então é isso meus docinhos de cocô, comentem para me dizer o que acharam da estória, e quando assistirem não esqueçam de vir pirar comigo aqui! Amo vocês!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...