domingo, 23 de abril de 2017

Strong Woman Do Bong Soon (K~drama)




Titulo: Strong Woman Do Bong Soon
Hangul: 힘쎈여자 도봉순 (Romanização: Himssenyeoja Dobongsoon)
Diretor:  Lee Hyeong-Min
Emissora (Canal): JTBC <3
Episódios: 16
Período de transmissão: 24 de Fevereiro - 15 de Abril de 2017
Idioma/audio: Coreano


País: Coréia do Sul

Olá Grifos! É em estado de choque e emoção que venho compartilhar com vocês minhas impressões de um dos melhores doramas do ano. Nem sei se eu estou em condições de fazer isso mas vamos lá!


ATENÇÃO: O PPG adverte, essa resenha contem Spoiller!



1. Temática do empoderamento feminino:

Não é raro ver em doramas, seja qual for a nacionalidade, personagem femininas que são pobres mas orgulhosas, que tem a chance de mudar de vida ao conhecer aquele oppa maravilhoso que junta o útil (rico) ao agradável (muito lindo) ou doromas em que a protagonista é muito esforçada e trabalhadora enquanto o cara consegue tudo só com um movimento de cabeça, não importa por onde ele andou pra chegar ate ali; ou ainda a personagem feminina pode ficar bem apagada em relação ao seu coprotagonista masculino; a questão é que as mulheres podiam ter uma representação melhor na maioria dos doramas.
E Strong Woman seguindo um histórico, que ate pouco tempo era de exceções e que agora não só esperamos como testemunhamos estar se tornando mais e mais frequente de doramas como Bad Couple, Doctor's, Madame Antonie, Weightlifting fairy kim bok joo entre outros
 que representam muito bem as mulheres. Graças a deus!



2. Pequena Sinopse:

Na família Do, na verdade na família Hwang;  existe uma herança muito especial, apenas para as mulheres da linhagem, todas elas nascem com super força, só que existem restrições para essa força, elas nunca podem usar para vantagem própria ou para causas injustas muito menos para matar alguém. Do Bong Soon (Park Bo-Young) é a gêmea mais velha do Do Bong Ki (An Woo-Yeon) e hedou de sua mãe, Hwang Jin-Yi (Shim Hye-Jin), a super força; esta ultima perdeu seus poderes, o motivo eu não posso contar aqui mas foi devido a isso que ela finalmente aceitou se casar com Do Chil-Goo (Yoo Jae- Myung) pai dos gêmeos.


3. Bong Bong. <3
No começo já podiamos ver todo o potencial da nossa prota, ela era muito inteligente e se preocupava com os outros, sempre acreditando que as pessoas tinham jeito; mas o crescimento dela dentro da historia foi incrível; devido ao fato de não ter ido para a faculdade e ter um irmão que é medico, alem de estar desempregada, ela se sentia muito pressionada a fazer com que principalmente a mãe acreditasse que ela podia fazer coisas grandes assim como o irmão dela.
Ela desenhava a própria imagem como um monstro, um ser anormal por não aceitar bem os seus super poderes e nem se sentia capaz de fazer nada realmente bom com esse poder, ela queria mesmo é se ver livre deles mas se conformou.


Enquanto isso no Bairro dela surge um criminoso, psicopata que se tornou obcecado com uma peça teatral em que ele costumava ser o ator principal mas foi demitido "Barba negra e suas sete noivas" algo assim... e começa a sequestrar, bater e fazer sei lá mais o que com as pobres moças... Mas essa historia de sequestro tomou umas proporções que eu não esperava e vai se tornar um incentivo pra Bong Soong evoluir na historia.

4. Shippers e romance:

#TeamGukDoo: No começo a Bong Soong tem um crush no colega de escola In Guk Doo (Ji Soo), que se tornou um policial muito bom, porém faltou as aulas de trabalho em equipe e de como não ser idiota; tanto que ele deixou ela na friendzone por pelo menos 10 amos e tava de boas desde que ela possa ficar babando nele (quem não gostaria ne, gente? por favor! dá uma espiada no gif em que este homem aparece! Ali, logo abaixo! <3).


Aqui! Olha que gostosura! <3

Mas como eu posso explicar? Tem muita coisa errada entre eles, pra começar ela escondeu dele que tinha poderes. Ele é um cara legal ate mas precisava aprender muito sobre como se relacionar com as mulheres. Eu não gostava muito da personagem porque era muito autoritário e rude, aparentemente só com a Bong Soong e gritava bastante mas com o passar do dorama ele foi ajustando essa coisa de gritar.

Me pareceu que o rumo que quiseram dar pra essa personagem foi "Eu gosto de você por isso grito e sou rude com você!" e isso não é nada bom, ainda bem que a Bong Soon tinha um boy mais legal na dela.
P.S. Quero deixar claro que não gosto do In Guk Doo mas amo o Ji Soo! <3

Sim, eu sei que é o Ji Soo em outro
dorama (doctors);
Mas essa piscadela precisa ser difundida!
<3
#TeamCEO<3GukDoo: Em um determinado momento cheguei realmente a acreditar que o casal principal eram o Min Hyuk e o Guk Doo, sempre que eles bebiam começava a pegação e a Bong Soon ficava de vela... kkkkkkkk



Olha que rebolado sexy! Não tem como
não amar esse homem!
Tô falando do Ji Soo! <3






Aquele momento que o Ji Soo
, de mulher,
é mais bonito que eu. <3
P.S². No meu coração eu ainda shippo eles! <3
P.S³. A pergunta que não quer calar é: "Quando o Ji Soo vai pegar um papel em que ele não seja do time 'Friendzone'?"

#TeamCEO:  An Min Hyuk (Park Hyung-Sik) é filho de um velho inútil e mafioso, sério. A família (paterna) dele é péssima porém muito rica. Ele era filho ilegitimo e por isso sofria retalhações da madrasta e dos irmãos mais velhos, assim ele acabou por sair de casa depois que a mãe dele faleceu, e fundou a empresa mais ativa no campo de criação de jogos para PC e para celular também, a Ainsoft, Depois de testemunhar nossa Bong Soon acabar com a raça de pelo menos uns 15 caras ele também foi junto com ela para delegacia prestar depoimento sobre o ocorrido e tentou ajudá-la a esconder seu segredo, só que ela ficou bem zangada porque não tinha pedido ajuda a ele e o xingou bastante e foi ai que ele se apaixonou mesmo por ela. hahahahahaha




 Com o MinHyuk foi diferente desde o começo porque ele sabia do poder da Bong Soon e contratou ela como guarda costas, ate hoje eu não sei se não foi um pretexto pra ficar perto dela mas ela aceitou o trabalho na esperança de mudar de departamento dentro da empresa dele e realizar o sonho de desenvolver o jogo onde ela fosse a protagonista que salva o príncipe com sua super força. E as cenas deles dois são muito divertidas!






Acho que a personagem MinHyuk cresceu muito ao se apaixonar pela Bong Soon, ele passou a ser totalmente devotado a ela, já que ele teve que conquistar uma mulher que já tinha alguém especial em seu coração. Tendo ou não poderes ela era a pessoa mais maravilhosa que ele conheceu, apoiava e incentivava cada passo que ela dava, enfrentaria um trem por ela. O que quero dizer é que enquanto para Bong Soon a alavanca para o crescimento de personagem foi toda a situação de sequestro, para Minhyuk foi o amor que ele passou a ter pela Bong Bong.


Mas pra mim pareceu que o sentimento que ela tinha pelo Guk Doo eram mais evidente, ela parecia mais apaixonada pelo crush do que pelo Minhyuk, vai ver foi só impressão minha e o sentimento pelo Minhyuk era mais maduro e real e por causa da correria com o roteiro não mostraram isso o suficiente.




Como eu vou shippar #BongBong<MinMin para toda a eternidade vou colocar uma tolelada de gifs fofos aqui se preparem! <3










ALERTA DE SPOILLER!!!



5. O vilão

Kim Jang Hyun ( Jang Mi Kwan) é um desgraçado com um problema psicológico muito sério, depois de trabalhar em uma peça teatral chamada "Barba Negra e suas sete noivas" ou algo assim, ele começou a sequestrar, bater, tortura e sabe-se lá deus o que mais, mulheres do bairro da Bong Soon; e brincando com a policia, que realmente não importa se é no ocidente ou no oriente, ficção ou realidade, não serve pra nada! Enfim ele tenta sequestrar a prima/amiga da Bong Soon, Na Kyung-Sim (Park Bo-Mi) e é ai que a nossa prota entende o que as famílias dessas moças estão passando e a imaginar como essas moças estão com medo, e resolve deixar seus próprios medos de lado e intervir.

De certa forma esse vilão personificou o machismo, pelo menos pra mim, representando tudo de ruim que pode ter não só nos homens mas nas pessoas.





Não é que a Bong Soon não tivesse empatia pelas moças antes, ela só não se sentia capaz de ajudar mas depois disso ela resolveu deixar suas inseguranças de lado.


Esse vilão é daqueles que a gente tem mais raiva do que medo mas quando tocava aquela musica de suspense e ele aparecia rolava um medinho mesmo não nego! U_U
Quis entrar no dorama e matar ele o tempo todo agradecendo por não ter super força se não eu matava mesmo. É difícil odiar uma pessoa tão bonita, o que só prova o quão bem ele foi ao desempenhar o papel. <3

6. Cenas de ação e personagens secundários:

As cenas de ação foram incríveis, quando ela decide ajudar as moças sequestradas pelo Jang Hyun, MinHyuk mostra a ela que mesmo que sendo forte precisa de treinamento e disciplina para vencer um perigo real e ele a ajuda a treinar e tudo... Omão da poha! <3 


Ela começa a melhorar seu desempenho e o dorama inteiro aponta para um grande confronto entre ela e o Jang Hyun e o que eu me preocupava era que  que o protagonismo masculino imperasse novamente mas felizmente isso não aconteceu, na verdade foi tudo um maravilhos trabalho de equipe e acho que essa foi a melhor parte. 



A maioria dos personagens secundários são cômicos mas, que no fundo são bem machistas, não aceitam ter perdido um mano a mano para uma mulher e se sentem desonrados. Mas claro que o roteirista tentou disfarçar isso ao máximo e conseguiu. Ainda tinha as cenas dos meninos que chamam ela de Noonim (uma forma respeitosa de chamar a irmã mais velha) foram muito engraçadas... hahahaha



Dentre esses personagens secundários meu preferido sem sombra de dúvida foi o Cartilagem ( Kim Won-Hae), era um apelido mas eu não lembro o nome da personagem agora, que era um dos chefes da Bong Soon na Ainsoft, a empresa de criação de jogos do Minhyuk <3. Ele tinha um crush no nosso CEO, logo quando ele percebeu a paixão do Min Min pela Bong Bong ele odiou a nossa prota logo de cara, e ele fazia de tudo pra transformar a vida dela em um inferno; fazia um escândalo e gritava com ela e fingia desmaiar mas o mais legal era como a Bong Soon lidava com ele, as historias que ela contava pra ele para explicar a super força dela e zoar da cara dele... morri de rir! hahahahahahahaha Ela ainda ameaçava ele! <3
 






Essa personagem em particular é muito interessante não só por ser cômica, é uma personagem Gay, assumidamente, e mesmo que o dorama tenha abordado a homoafetividade com comicidade, o Cartilagem, ao que parece começa a ter um relacionamento com o secretário Gong; A questão Gay na Coréia do Sul é tão tabu quanto aqui no Brasil ou em qualquer outro lugar, ate mesmo na Holanda, claro que como as pessoas encaram seus preconceitos conta muito.



E embora abordar com comicidade possa ser interpretado como uma outra forma de preconceito, acho que o diretor e os roteiristas fizeram seu melhor, visto também que ate o casal principal era engraçado. É preciso começar de algum ponto, a iniciativa foi legal.

P.S.4 O Kim Won-Hae, fez dois papéis nesse dorama, ele fez o ahjushi (senhor) que a Bong Soon mandou pro hospital, e que passou 95% do dorama lá, ele era um dos mafiosos que estavam batendo no senhor e a Bong Soon interferiu; depois ele começou a fazer o Cartilagem e foi então que deu pra ver todo o talento dele, principalmente na comedia e também a boa combinação que ele teve com a Park Bo-Young nessas cenas que fazem a sua barriga doer de tanto rir... hahahahahaha

7. A OST:
Não foi a melhor Ost dessa minha vida errante de dorameira mas mesmo assim eu amei de coração. <3










8. Conclusão:



Esse com certeza é um dos melhores doramas do ano, um daqueles que representam bem as mulheres, todas as personagens femininas do dorama são forte e inteligentes; é um dorama que trás muitas emoções diferentes em cada momento, eu fui do riso às lagrimas e aos xingamentos, tive que me controlar pra não acordar a casa inteira quando assistia de madrugada... hahahaha


É divertido e inteligente, muito romântico... enfim eu super recomendo! <3

Vocês podem encontrar para assistir online no DramaFever e no Viki e para download no Kingdom Fansub e no Subarashiis Fansub esses dois últimos requerem cadastro para fazer o download mas é gratuito e não esqueçam de comentar lá isso ajuda a incentivar o trabalho das meninas. \O/




Te mais! O/




2 comentários:

  1. Amei a resenha, conseguiu se expressar bem. Continue assim!

    Eu amei esse drama, está na minha lista de favoritos do ano <3. E posso dizer que temos uma opinião/visão parecida do drama, apesar que quanto a vidência de sentimentos da BongBong para com o MinMin eu amei essa diferença de expressão. Mostrou ser um sentimento mais sério e mais "maduro", algo pra ser levado pra vida toda, e não mais uma paixão de colegial que não se desenvolveu.

    Enfim, amei tudo no drama, e do seu blog, com certeza estarei acompanhando de hoje em diante. Não sabia da existência dele hehe!

    Beijos Déh!
    http://dreamhighlivethelife.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie Déh,
    Acho interessante as diferentes interpretações que nós tivemos. Realmente faz muito sentido o sentimento que ela tem pelo Min Min ser mais sério e mais maduro. Mas pra mim ainda ficou faltando alguma coisa... Mesmo assim amei o casal #BongBongMinMin! <3
    Que comentário lindo. Muito Obrigada pela sua visita e sinta se em casa! <3

    Beijos M.Darcy (Manu)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...