terça-feira, 26 de julho de 2016

O Senhor do Vento, um conto de Gabriel Réquiem


Vim confessar que acabei  de descobrir esse conto e de ler. E loucamente corri pra cá.

Logo no começo, pelo local e pelos nomes das personagens já soltei um "O que é isso? Será?". Parecia um Sítio do Picapau Amarelo meio deformado. Os elementos estavam lá. Era, mas não era  bem assim.

Tem um sabor nostálgico que para por aí, porque o conto não segue o tom infantil do Lobato. Posso falar que é de terro? Posso! Uma versão incrível e inusitada do folclore 

E sim, ainda tô surtando aqui com esse conto. Vou ficar de olho nesse autor. Gabriel Réquiem... que nome =D Mais terror brasileiro! Deixa procurar outros títulos... um conto na coletânea Terra Morta sobre zumbis... outro conto misturando H. P. Lovecraft e Robert W. Chambers... Ooh... Quero!

Deixa eu voltar pr'O Senhor do Vento:

“Era a própria mata que os intimidava. 

Numa inspeção inocente, parecia apenas um bosque comum, como tantos outros. Não obstante, uma investigação minuciosa fazia o animal perdido em seus genes lhe aguçar os instintos, pressentindo na quietude uma ameaça oculta. Não havia os sons subjacentes da vida silvestre, nem mesmo um único criquilar de grilo. Aquela vegetação era amaldiçoada, temida até pelos mais estúpidos filhos da natureza.”

Pra terminar esse breve comentário preciso dizer que o conto ainda tem um pé num cenário de guerra, na Guerra do Paraguai. E o melhor é que o conto está disponibilizado gratuitamente AQUI. Corre pra ler =D

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...