domingo, 16 de agosto de 2015

Casa da Cultura - Exposição Arca


No segundo andar da Casa de Cultura até o dia 28 de agosto de 2015 estão expostos colagens e desenhos.


Colagens de Henrique Vilarins

A mistura das cores e a escolha das imagens enchem nossos olhos, são muitos detalhes, muita informação arremessadas em nós ao mesmo tempo. Algumas são complexas de entender, já outras entendemos que falam sobre a liberdade feminina, o artista trouxe a necessidade de discutir a posição das mulheres dentro de um contexto machista de uma sociedade patriarcal, e essa necessidade de expor essa liberdade que as mulheres têm direito, seja ela sexual, reflexiva, expressiva como um todo. 




Desenhos de Albert Crimson

São ao todo nove desenhos em preto e branco, onde os modelos dividem a folha com flores e alguns insetos. Mas não é tão simples assim, vemos uma carga emocional não só nos humanos mas também nos animais e plantas que compõe a imagem, nos quais os modelos se fundem/perdem, e até tem um efeito que nos lembrou estática (de televisão), como se a personalidade deles ainda não estivesse estável, ou mesmo sincronizada (com o quê?).

Nós percebemos que elas retratam a liberdade corporal e o processo de puberdade, para nos ajudar a compreender há alguns parágrafos sobre a temática... Seguindo passo a passo essa parte da exposição nos deparamos com o florescer da juventude, passamos da descoberta de si mesmo e do seu "aroma" (aproveitando a metáfora das flores do artista) e depois da necessidade de fazer com que esse aroma seja sentido por outras "flores". E também de que as pétalas podem cair mas a necessidade de se amar restaura a auto-confiança e ainda que com uma única pétala é possível continuar a exalar perfume.


"Encontre o que você ama e deixo-o te matar" Bukowsky


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...