sexta-feira, 19 de junho de 2015

O lobo atrás da porta



Sinopse

Tá, sendo bem breve é o seguinte: a amante, Rosa, (Leandra Leal) é suspeita de ter sequestrado a filha do casal, Bernardo e Sylvia (Milhem Cortaz e Fabiula Nascimento), e o que eles fazem? Vão pra delegacia. Pronto. Tá aí a sinopse.

Desconjuro! =/

Esse filme é chato no começo. É bem... nhé. Mas, vamos com calma. Pra começar achei... Antes é melhor deixar claro que essa é a opinião de uma pessoa leiga em cinema. ...achei estranhos alguns diálogos, não sei se o problema foi por falta de emoção, ou por eles estarem meio que... a palavra não é travados, os diálogos tavam um tanto “decorados”, sei lá, não me convenceram. 

— Oi dona Arlete.
— Oi mãe, desencontrou, mulher?
— Como assim?
— Ué. Clarinha já foi com a Sheila.
— Que Sheila?
— Você ligou falando que tava doente e a tua vizinha vinha buscar.
— Não tô doente, não liguei pra cá, pra escola hoje. Que Sheila? Não tenho nenhuma vizinha chamada Sheila. ‘-‘
— Ué.
— Como assim...? Onde é que tá a garota...?

E aquele delegado, sinceramente, que personagem de m... se a intenção foi irritar, parabéns! conseguiram comigo. Mas, o pior é que existe... deve existir algum delegado do jeito desse. Pra quem ainda não assistiu não ficar boiando uma das coisas que achei estranha foi essa insistência do delegado pra descobrir amantes, que é isso? Criança sequestrada: é certeza que o pai tem amante, ou a mãe tem amante. Isso é procedimento padrão, por acaso? Pergunta sobre amante que é sucesso? Se alguém souber comenta aí.

Ok. Vou fechar meus comentários sobre o começo do filme com um simples “arrastado”. Agora vou pular pro final, antes de começar a parte positiva da minha opinião sobre o filme.

Flautista [on]

Nunca foi tão fácil sequestrar uma criança. Nossa. A criança segue, anda uma maratona, não pergunta nada, não reclama e só para 1 vez para mijar e beber algo, depois é levada pro meio do mato e vai pulando alegre satisfeita... Só porque deram uma boneca...? Não, tá errado. Não deixa cortarem teu cabelo, menina... trocarem tua roupa... não pega na mão e vai sem dizer uma palavra... O Flautista de Hamelin iria ficar com inveja se assistisse a esse filme.



Parte feliz da crítica

O filme foi de todo ruim? Não. A narrativa é picotada (um ponto positivo em minha opinião), são cortes (abruptos) e flashbacks, gosto disso.

Mas, não posso falar muito sobre o que mais me chamou a atenção, por ser spoiler (lide com isso), que é a história realmente, que é baseada em um caso real (não sei se isso é bom ou ruim) que se não me engano é um chamado de a Fera da Penha.

E aqui temos outro ponto negativo, que é a de não quererem entregar a história do filme, ficam segurando, enrolando, mentindo e o que apresentam no lugar não é lá grandes coisa. Melhor parar de criticar negativamente... Chega a ser surpreendente mais pro final.

Bem, pra terminar de vez, vale citar uma cena que achei muito legal: a amante (Rosa) e a esposa (Sylvia) estão de papo na cozinha, só na amizade, e a câmera começa a ir embora e deixa as duas conversando... Muito bom isso.

Deixo essa dica pra vocês, de um filme que por causa da história é um bom material pra debates. 

Ficha Técnica

Título: O Lobo Atrás da Porta
Diretor: Fernando Coimbra
Gênero: Drama, suspense, policial (de acordo com o AdoroCinema)
País: Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...