terça-feira, 31 de março de 2015

Ayakashi – Japanese Classic Horror



     O anime é dividido em três partes, tendo cada uma sua identidade visual própria, e até onde pude notar entre elas não há ligação a não ser a trilha sonora (♫ ♫ que é  muito boa!). Ele se utiliza muito de histórias, de lendas, enfim da cultura japonesa, vemos samurais, espíritos (vingativos), demônios correndo, deusas tomando banho, cigarras, cigarras, cigarras. E aproveitando, antes de falar um pouco de cada uma das partes, vejam um trailer:







Yotsuya Kaidan

     Logo no começo me chamou a atenção os olhos dos personagens... eles são “puxados” achei esse detalhe fantástico.  Mas, vamos para história, ela é baseada em um kabuki (uma espécie de dramatização com canto e dança) sobre uma lenda de uma mulher que foi traída pelo marido – a quantidade de escrotidão por minuto nessa parte é um pouco alta –, e sendo assim, ela (morta!) quer vingança.

Para mim conseguiram criar um clima de terror muito bom nessa parte, principalmente numa cena que um personagem está olhando o interior de uma casa por um buraco, ali praticamente em 5 segundos o terror já tava montado.

E de ponto negativo acho que o único que eu poderia apontar - sendo chato - é que achei muita informação para tão poucos episódios, o tempo foi muito curto e isso é tão cruel...







Tenshu Monogatari 

     Na segunda história há um castelo que a maioria das pessoas evitam por acharem que lá moram demônios, mas, na verdade, são apenas Deuses Esquecidos,que se alimentam de humanos =D e que, com o risco de perderem seus poderes (imortalidade inclusa aqui), não devem se apaixonar por mortais (ok, merda feita com sucesso)... É muito interessante a mitologia dessa parte e o jeito como as moradoras do castelo se movem...








Bake Neko 

     Por fim, o desenho psicodélico da última parte, que nos ensina que é muito importante exorcizar a casa antes de um casamento. 

     Sinopse: quando começa a morrer gente e ninguém pode mais sair, surge o Kusuriuri - um vendedor de remédios -, que possui uma arma que pode matar o que assombra a casa, o problema é que pra desembainhá-la é preciso antes saber o que houve ali que de tanto rancor criou esse “monstro”. Das três é a minha preferida.





Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...